Classificam como “grupos de ódio” organizações em favor do casamento entre homem e mulher

Imagem referencial / crédito: Unsplash