Arcebispo convida o papa Francisco para o Ano Santo Compostelano

O Papa Francisco recebeu o Arcebispo de Santiago de Compostela, Espanha, dom Julián Barrio, e o presidente da Comunidade da Galícia, Alberto Núñez Feijoó, que agradeceram ao papa ter prolongado até 2022 o Ano Santo Compostelano. O encontro foi na manhã desta segunda-feira, 14, no Palácio Apostólico no Vaticano. O Arcebispo convidou o papa Francisco a visitar Compostela durante o ano jubilar. “Temos a esperança de que seja possível a vinda do papa Francisco a Santiago”, disse. São João Paulo II e Bento XVI visitaram o túmulo do apóstolo Santiago por ocasião do Ano Santo Compostelano respectivamente nos anos de 1982 e 2010.

Turbilhão de crises testa a fé, diz arcebispo peruano

“Irmãos e irmãs, vivemos tempos muito difíceis. Mas digo-vos que há um aspecto positivo: a nossa fé está sendo provada”, disse o arcebispo do Cusco, dom Richard Daniel Alarcón Urrutia, na sua reflexão sobre o Evangelho do domingo.

BH celebra 15 anos de beatificação de padre Eustáquio

A arquidiocese de Belo Horizonte (MG) celebrou 15 anos da beatificação de padre Eustáquio van Lieshout no último domingo. Em missa em ação de graças pela data, o arcebispo Walmor Oliveira de Azevedo declarou que “essa memória reaviva em nós a gratidão por este dom bonito de alguém tão especial, o missionário da saúde e da paz”.

 

Alemães perguntam à Santa Sé se a igreja em seu país é cismática

Três católicos da diocese de Essen enviaram um “dubium” à Congregação para a Doutrina da Fé no Vaticano pedindo uma resposta formal à questão: a Igreja na Alemanha está em cisma. Um dubium, "dúvida" em latim, é uma pergunta dirigida à Congregação para a Doutrina da Fé (CDF) que deve ser respondida com “sim” ou “não”.

De Testemunha de Jeová a futuro padre católico: A história de Miguel Mendoza

Miguel Mendoza é um jovem de 25 anos que pertencia às testemunhas de Jeová e cujo caminho de conversão começou com uma imagem de São João Paulo II celebrando missa. Agora ele é diácono e em alguns meses será ordenado sacerdote nos Estados Unidos.

Como obter um indulgência plenária durante a Semana Santa

Uma indulgência plenária é uma graça concedida pela Igreja Católica pelos méritos de Jesus Cristo, Maria e todos os santos para remover a  pena temporal devida ao pecado. A indulgência se aplica a pecados já perdoados. Um indulgência plenária limpa a alma como se a pessoa tivesse acabado de sere batizada. Uma indulgencia plenária pode ser obtida durante a Semana Santa para si ou para uma pessoa morta se uma das seguintes obras estabelecidas pela Igreja for feita.