Roubaram os presentes de Natal para crianças carentes, mas aconteceu um “milagre”