Relatório recomenda que Reino Unido peça à ONU resolução sobre cristãos perseguidos

Foto referencial. Crédito: Pixabay