Quem cometeu abusos nunca deveria ter sido ordenado sacerdote, assegura o Arcebispo

Imagem referencial / Crédito: Flickr da Igreja em Valladolid (CC BY-SA 2.0)