Papa pede que se deixe o caminho da violência que é sempre perdedor

Mercedes de la Torre
Papa Francisco /ACI