O “anjo de Dachau”: padre assassinado pelos nazistas é declarado mártir pelo Papa Francisco