Na teologia da libertação não se tinha ideia da realidade da América Latina, diz Francisco