Existe uma sólida minoria praticante

Maioria de espanhóis se consideram “católicos só de nome”