Justiça argentina mantém condenação de médico que evitou um aborto e salvou a mãe e a criança

Giselle Vargas
A Suprema Corte de Justiça da Argentina confirmou em 30 de setembro a condenação do médico Leandro Rodríguez Lastra, punido por evitar um aborto em 2017 e salvar a vida do bebê de 23 semanas de gestaç