Esmoleiro pontifício vai pela quarta vez à Ucrânia em nome do papa

Cardeal Konrad Krajewski / Daniel Ibáñez (ACI Prensa)