É hora de lutar e não de abandonar a Igreja, afirma Bispo diante de abusos

Jovens rezando na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Cracóvia 2016 / Crédito: Kate Veik (CNA)