Decisão pró-aborto em Minas viola valor inegociável da vida, diz padre

Natalia Zimbrão
Padre Otávio Juliano de Almeida, doutor em Bioética. Foto: Padre Otávio de Almeida