Cardeal diz a judeus que papa Francisco não desprezou a Torá

O cardeal Kurt Koch / Daniel Ibáñez, CNA