As pessoas ainda querem se confessar em meio à guerra, diz bispo da Ucrânia

Refugiado da Ucrânia / ACN