Ajuda à Igreja que Sofre confirma credibilidade das acusações de agressão sexual contra seu fundador

Pe. Werenfried van Straaten. Crédito: Redigolo vía Wikimedia (CC BY-SA 3.0)