A comida se tornou a “arma mais mortal” na guerra civil síria, denuncia padre da Fundação AIS

Ajuda humanitária na Síria / Foto: Fundação AIS