O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, informou hoje (27) que o estado do papa Francisco é “bom e estável”, depois de ter feito no último sábado uma TAC (tomografia axial computadorizada) por causa de uma “gripe leve” que o obrigou a cancelar a agenda.

Segundo o comunicado, a tomografia computadorizada “descartou pneumonia, mas mostrou uma inflamação pulmonar que estava causando algumas dificuldades respiratórias”.

Para um tratamento mais eficaz, “foi posicionada uma agulha com cânula para infusão de terapia antibiótica por via endovenosa”.

“As condições do papa são boas e estacionárias, não tem febre e a sua situação respiratória é em evidente melhoramento”, continuou o comunicado.

Para facilitar a sua recuperação, a Santa Sé adiou alguns compromissos previstos para estes dias, “para que ele possa dedicar-lhes o tempo e a energia desejados”.

“Outros, de natureza institucional ou mais fáceis de realizar devido às atuais condições de saúde, foram mantidos”, disse a Santa Sé.

A agenda do papa Francisco para hoje (27) tinha só a audiência com o presidente do Paraguai, Santiago Peña Palacios, que foi recebido na Casa Santa Marta, onde mora o papa.

No sábado (25), a Santa Sé cancelou as atividades do papa Francisco por causa de uma “gripe leve”.

No início da tarde, o papa “fez uma tomografia computadorizada no Hospital Gemelli Isola, em Roma, para descartar o risco de complicações pulmonares”.

No domingo, Solenidade de Cristo Rei do Universo, o papa Francisco conduziu a oração do Ângelus na capela da Casa Santa Marta, que foi seguida pelos fiéis através dos telões colocados na Praça de São Pedro.

Antes de rezar a oração mariana, o papa disse que não poderia se assomar pela janela do Palácio Apostólico, como acontece todos os domingos, porque ainda tem “este problema de inflamação nos pulmões”.

As imagens divulgadas pelo Vatican Media mostravam o papa Francisco com uma expressão cansada e uma voz fraca. Também dava para ver a cânula colocada em sua mão direita.

Na próxima sexta-feira (1º), Francisco deverá viajar a Dubai para participar da COP 28.