Em oposição ao Halloween, um “baile de santos” conquista grande adesão de crianças

Por Natalia Zimbrão
Crianças vestidas de santos no Bailinho Kids de 2016. Foto: Comunidade Beatitudes