Vida consagrada é riqueza da Igreja que nunca poderá faltar, afirmou o Papa aos bispos brasileiros