Situação em região tomada por terroristas muçulmanos nas Filipinas ainda é crítica

Bombardeio em Marawi em junho de 2017. Foto: Mark Jhomel/ Wikipédia.