Resposta dos lefebvristas à Igreja Católica é alentadora, afirma porta-voz vaticano

Pe. Federico Lombardi