Reino Unido volta atrás e não permitirá que mulheres tomem pílulas abortivas em casa

Imagem referencial / Crédito: Unsplash