Primeiro sacerdote a morrer de coronavírus em Roma é um latino-americano

Padre Miguel Ángel Tabet +. Crédito: Twitter MaDeniseF.deCapriles