Papa reconhece martírio de juiz assassinado pela máfia

Rosario Angelo Livatino. Crédito: Domínio Público.