Papa questiona cultura do êxito: Por acaso o deficiente e frágil não é digno de amor?