Papa Francisco lamenta vítimas inocentes da “loucura da guerra” na Ucrânia

Papa Francisco na Audiência Geral / Pablo Esparza (ACI Prensa)