Papa Francisco diz que houve "genocídio" em escolas residenciais no Canadá

Papa Francisco e Matteo Bruni, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé / Vatican Media