Papa condena novamente a violência em nome de Deus: É uma das maiores blasfêmias

Papa Francisco. Foto: Daniel Ibáñez / ACI Prensa