Organização que protege a liberdade religiosa no mundo denuncia campanha de desprestígio

Imagem referencial / Crédito: Unsplash