O tráfico de pessoas é o segundo negócio clandestino mais lucrativo no mundo, denunciam representantes de organizações da Igreja

Imagem referencial. Foto: Imagens Evangélicas (CC BY 2.0)