O Concílio Vaticano II é uma bússola que permite que a Igreja chegue à meta, afirma Bento XVI