11 páginas

Nunca acobertei casos de pedofilia, diz Bento XVI em uma longa carta escrita a um ateu militante

foto Grupo ACI