Nigeriana foi morta por testemunhar Jesus num grupo de Whatsapp

Agnes Aineah / ACI Africa
Deborah Yakubu e dois suspeitos de sua morte / Foto de cortesia