Menina casada à força volta para a família no Natal mas continua muçulmana

Fatima Arzoo Raja e seus pais / Crédito: Fides