"Justiça e Paz" pede usar recursos de dívida externa em desenvolvimento de países