Equatorianos peregrinaram a santuário Mariano para pedir pelo Papa e o país