Denunciam que empresa dos EUA testa remédios abortivos em mulheres da África

Foto referencial. Domínio público