Debates sobre a eutanásia “coisificam” à pessoa, advertem sacerdotes