Com uma procissão, cristãos iraquianos agradecem a Deus por libertá-los do ISIS

Por Maria Ximena Rondón
Procissão com a cruz em Karamlesh / Foto: Patriarcado Caldeu de Babilônia