Católicos se opõem a desenhos animados ofensivos na Nova Zelândia