Cardeais norte-americanos confiantes que os eleitores serão informados sobre os antecedentes dos vatileaks

Os cardeais DiNardo e O'Malley na conferência de imprensa (foto grupo ACI)