Bento XVI: Devemos alegrar-nos e não ter inveja das boas obras