Atentado em Nice: Ex-presidente da França garante que "é hora de lutar contra a barbárie"