Arquidiocese de Belo Horizonte e Ordem Carmelita reprovam atos de grupo sectário em paróquia da capital mineira

Frei Evaldo Xavier, ao fundo a Igreja Nossa Senhora do Carmo (foto: Arquidiocese de Belo Horizonte)