Arcebispo iraquiano denuncia que sharia e democracia são incompatíveis