A volta de “Charlie Charlie”: esta jovem jogou e adverte “com o diabo não se brinca”