A reconciliação é o “maior presente” que os cristãos podem dar ao Oriente Médio

Por Blanca Ruiz
Pe. Jens Petzold, da comunidade monástica al-Khalil durante sua visita a Madri (Espanha) / Foto: Blanca Ruiz