Sacerdotes devem entregar-se à oração e viver com radicalidade, diz autoridade do Vaticano