Carregando...
O Papa reitera seu rechaço ao aborto e critica a sentença da CIDH pró-fecundação in vitro

VATICANO, 07 Jan. 13 / 03:01 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Bento XVI reiterou seu rechaço ao aborto e expressou sua grave preocupação pela recente sentença, dada nos dias de Natal, da Corte Interamericana dos Direitos humanos (CIDH) a favor da fecundação in vitro na Costa Rica.

Em seu discurso nesta manhã ao Corpo Diplomático acreditado junto da Santa Sé, o Papa disse que "vi com tristeza que em vários países, mesmo de tradição cristã, se procurou introduzir ou ampliar legislações que despenalizam o aborto. O aborto direto, ou seja, querido como fim ou como meio, é gravemente contrário à lei moral".

"Ao dizer isto, a Igreja Católica não pretende faltar de compreensão e benevolência nomeadamente para com a mãe; trata-se, antes, de velar para que a lei não chegue a alterar, injustamente, o equilíbrio entre o igual direito à vida que possuem tanto a mãe como o filho nascituro", adicionou.

Bento XVI disse também que "fonte de preocupação a sentença recente da Corte Interamericana dos Direitos do Homem relativa à fecundação in vitro, que redefine arbitrariamente o momento da concepção e debilita a defesa da vida pré-natal".

Com a sentença da CIDH dada perto do Natal em dezembro de 2012, o tribunal sentenciou a favor da fecundação in vitro e abriu as portas a despenalização do aborto em toda a América Latina ao afirmar que "o embrião não pode ser entendido como pessoa" e redefinindo a concepção, assegurando que esta "começa desde o momento em que o embrião se implanta no útero".

O Santo Padre questionou assim a sentença da CIDH, presidida pelo peruano Diego García Sayán, duramente criticada pelos Bispos costa-riquenhos que consideram a medida do tribunal como "um lamentável exemplo da ideologia da cultura de morte".

O Papa disse também que "sobretudo no Ocidente, encontram-se infelizmente numerosos equívocos sobre o significado dos direitos humanos e seus correlativos deveres".

"Os direitos se confundem com frequência com manifestações exacerbadas de autonomia da pessoa, que se torna auto-referencial, deixando de estar aberta ao encontro com Deus e com os outros para se fechar sobre si mesma buscando satisfazer as suas próprias carências; ao passo que a defesa dos direitos, para ser autêntica, deve ao invés considerar o homem na sua integridade pessoal e comunitária".

O Santo Padre recordou que "a construção da paz passa, sem cessar, pela tutela do homem e dos seus direitos fundamentais. Embora com modalidades e graus diversos, esta tarefa interpela todos os países e deve ser constantemente inspirada pela dignidade transcendente da pessoa humana e pelos princípios inscritos na sua natureza. Entre estes, ocupa o primeiro plano o respeito pela vida humana, em todas as suas fases".

A este propósito, indicou, "alegrei-me com a Resolução da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa que, em Janeiro do ano passado, pediu a proibição da eutanásia, entendida como a morte voluntária, por ação ou omissão, de um ser humano em condições de dependência".

Etiquetas: Fecundação in Vitro, Corpo Diplomático ante a Santa Sé

* Obrigado por seu comentário. O número de mensagens que podem estar online é limitado. A tamanho dos comentários não deve exceder a 1500 caracteres. ACI Digital se reserva ao direito de publicação das mensagens segundo sua idoneidade e teor. ACI Digital não se solidariza necessariamente com os comentários nem as opiniões expressas por seus usuários.

RECOMENDAMOS »

Jul
23

Católico em dia

23 de julho de 2014

  • Você sabia que: Os requisitos para pertencer ao Colégio Cardenalício foram estabelecidos no Concílio de Trento em sua sessão XXIV de 11 de novembro de 1563.

Videos

Santo Antônio de Pádua
Santo Antônio de Pádua
San José de Anchieta
A falta de oração leva à mediocridade espiritual
Papa Francisco: Nem a doença, nem a morte, poderá nos separar de Cristo
O Papa: A Igreja é a casa da Alegria
A comunhão fraterna leva à comunhão com Deus, diz o Papa
O Papa no Encontro Mundial das Famílias: Viver a Reconciliação Sempre
Maria é modelo de caridade e união com Cristo, destaca o Papa
Francisco exorta a rezar sempre sem jamais cansar-se
Rezar e anunciar o Evangelho é tarefa de todo cristão, afirma Francisco
Deus, nossa força, nos surpreende e nos pede sermos fiéis
O verdadeiro cristão segue o Senhor até a Cruz
A fé é a respiração da alma
Papa Francisco sobre Naufrágio em Lampedusa: uma vergonha!
Deus sempre acompanha a humanidade ao longo da história
Bento XVI: Jesus nos mostra o rosto de Deus
Bento XVI recorda que devemos ser sinais da ação de Deus no mundo
Bento XVI: é urgente falar de Deus no mundo atual
Bento XVI: Deus não é um absurdo embora seja sempre um Mistério
Bento XVI fala de três vias para que o coração do homem chegue a Deus
O homem, mendigo de Deus: catequese de Bento XVI
A fé nunca é um ato puramente individual, destaca Bento XVI
Bento XVI: Não nos basta a ciência, é a fé que nos sustenta
Bento XVI: a plenitude humana consiste no amor
Missa de abertura do Ano da Fé

Podcast

Evangelho do dia

Lucas 24, 1-12

Evangelho
Data
03/30/14
03/29/14
03/28/14

Santo do dia

Santa Brígida »

Saito
Data
03/29/14

Homilia do dia

Lucas 18,9-14

Homilia
Data
03/29/14
03/28/14
03/27/14

Mais Popular

  Assinar 
Cancelar Assinatura
  

Siga-nos: